quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Pílulas para exercícios físicos

Para os preguiçosos de plantão, sedentários convictos, uma boa notícia: cientistas desenvolveram uma droga que simula os efeitos de exercícios físicos e aumenta a capacidade do corpo de queimar gordura, conforme divulga a Revista Sicentific American. Ela afirma que "camundongos de laboratório sob efeito dessa substância correram na esteira 40 % a mais que os do grupo de controle ".

"A droga engana os músculos fazendo com que `acreditem` que estão se exercitando," declara Ronald Evans, biólogo de desenvolvimento do Instituto Salk para Estudos Biológicos, em La Jolla, Califórnia. Ele acha que, portanto, é possível se criar um "equivalente farmacológico para o exercício".

A aplicação mais útil da droga, chamada AICAR, é a possibilidade de utilização também no tratamento de perdas musculares, como a distrofia muscular e doenças metabólicas tipo o diabetes. Ela ajuda o corpo a metabolizar o açúcar do sangue.

No entanto, para quem não gosta de esforço físico e aplaudiu a descoberta, Laurie Goodyear, professora e pesquisadora da Harvard Medical School do Centro Joslin de Diabetes, alerta: "nenhuma pílula pode reproduzir todos os efeitos benéficos do exercício para o corpo humano".

Se a moda pega, malhar agora vai ser em posição de repouso, desde que os músculos "acreditem" na pílula da preguiça.

Nenhum comentário: